Make your own free website on Tripod.com
 
 
...........O 1° Título Paulista......
(Prêmio à Tenacidade)
(Texto retirado do Álbum de Ouro do Santos Futebol
Clube publicado pela revista bola Alvinegra).
.......................................................................................................
.......................................................................................................
Malgrado em várias temporadas o Santos houvesse despontado como o mais capaz, o mais técnico, o mais homogêneo do futebol paulista, por circunstâncias várias, o título bandeirante ainda não havia chegado a Vila Belmiro. A luta, contudo, teve prosseguimento. E, como prêmio à tenacidade, os louros da vitória foram colhidos em 1935, com a conquista do primeiro Campeonato Paulista de Futebol. ( Em cima do Corínthians !! )
.......................................................................................................
.......................................................................................................
Recordemos a Campanha:
.......................................................................................................
.......................................................................................................
A estréia ocorreu em Vila Belmiro, no dia 2 de junho. O adversário do Santos: O Palestra. Era ele, Palestra, uma das forças mais vivas do desporto pátrio e campeão do último ano. E, como tal, servia de esplêndido teste às pretensões alvinegras, logo ao alvorecer da competição. Quando o Juiz Ascânio Bueno deu por findos noventa minutos regulamentares, o Placar informava : 
....................................................................................................
Palestra      0
Santos        1
.......................................................................................................
.......................................................................................................
Animado pela estréia convincente, o Santos, uma semana após, no dia 9 de junho, foi jogar no Macuco, no campo do Espanha, a sua segunda partida pelo certame. Um grande clássico santista. Resultado final:
....................................................................................................
Espanha       0
Santos          2
.......................................................................................................
.......................................................................................................
E vem então o primeiro compromisso fora de nossa cidade. Local: Parque Antártica em São Paulo. O Paulista até que tentou mas o Time praiano levou a vantagem da peleja ocorrida no dia 23 de junho, resultado:
....................................................................................................
Paulista      1
Santos        5
.......................................................................................................
.......................................................................................................
Na jornada seguinte o Santos não foi feliz. Recepcionou o Corínthians na Vila Belmiro, com arbitragem de Atílio Grimaldi. Os Santistas fizeram um gol, mas os corínthianos tiveram mais vontade. Resultado:
....................................................................................................
Corínthians   2
Santos           1
.......................................................................................................
.......................................................................................................
A reabilitação não tardou. A 7 de julho , em Vila Belmiro, novo clássico praiano: Santos x Portuguesa Santista. Heitor Marcelino Domingues no apito. O Alvinegro manda no campo. Placar Final:
....................................................................................................
Portuguesa Santista    1
Santos                        3
.......................................................................................................
.......................................................................................................
Chega então o último compromisso do turno: C.A. Juventus. O jogo foi disputado na Capital. Adão Menos foi indicado para árbitro da partida. O
O Santos com a sua formação costumeira encanta o dia 28 de julho com mais uma esplêndida peleja vitoriosa:
....................................................................................................
Juventus      1
Santos         4
.......................................................................................................
.......................................................................................................
Então, no dia 29 de setembro começa o returno do Campeonato Paulista de 1935, jogo contra o Palestra no Parque Antártica parece difícil mas o time da Vila vai com a cara e a coragem. Arbitragem de Tomaz Cardoso de Almeida. Jogo truncado e muito difícil. Resultado:
....................................................................................................
Palestra     0
Santos       0
.......................................................................................................
.......................................................................................................
 O Espanha quer desforrar-se da derrota do primeiro turno, e vai à Vila Belmiro disposto à grande façanha, no dia 6 de outubro. Outra vez Tomaz Cardoso de Almeida como árbitro. O Espanha começa bem mas não segura o ritmo, final:
....................................................................................................
Espanha    1
Santos       4
.......................................................................................................
.......................................................................................................
A campanha tem sequência com brilhantismo. Dia 20 de outubro. Vila Belmiro segue com vivo interesse a caminhada em busca de mais uma vitória. E ela, ao final coube mais uma vez ao Santos F.C. que derrotou o Paulista novamente:
....................................................................................................
Paulista     2
Santos       5
.......................................................................................................
.......................................................................................................
A Portuguesa também quer a réplica da derrota sofrida no primeiro turno, no clássico santista. E recebe o Santos em Ulrico Mursa disposta a antepor-lhe todos os obstáculos no campo de luta, e com muito afinco consegue roubar-nos um ponto:
....................................................................................................
Portuguesa Santista    3
Santos                         3
.......................................................................................................
.......................................................................................................
Penúltimo compromisso: Só a vitória interessa ao time alvinegro praiano da Vila Belmiro contra o Juventus. Partida truncada e muito difícil:
....................................................................................................
Juventus   1
Santos       2
.......................................................................................................
.......................................................................................................
E vem a grande final, no Parque São Jorge. Os alvinegros da Vila Belmiro e da Fazendinha estariam frente a frente. Com a vitória o Santos conquistaria o título. Se perdesse, teria de aguardar o resultado do encontro que o Corínthians manteria com o Palestra. Mas o empate bastaria. O Parque São Jorge foi pequeno para receber toda a platéia. Logo cedo, grande público teve de ficar do lado de fora do estádio, que estava completamente tomado, naquele 17 de novembro. Grande equipe possuia o Corínthians, a crônica da Paulicéia era uníssona em adimitir: "O Corínthians vai ganhar!" , "Não vai deixar se abater em seus domínios!!" . Bilu, o grande zagueiro do passado, técnico do Santos prevenia:
"Não se deixem abater pela guerra de nervos!!! "e assim tranquilo entrou o Santos em campo. Cheio de entusiasmo , o Parque São jorge vibrando intensamente numa explosão de aplausos, o Corínthians pisou no gramado.
Jogo difícil, mas ao mesmo tempo gostoso de ver. Final épico para os Santistas:
....................................................................................................
Corínthians   0
Santos           2
.......................................................................................................
................................................................................
Os goleadores da heróica e magistral vitória: Araken e Raul. Os protagonistas do brilhante feito: Ciro , Neves e Agostinho, Ferreira, Marteleti e jango, Saci, Mário Pereira, Raul , Araken e Junqueirinha.
E assim o Santos , como prêmio à tenacidade, conquistava o seu primeiro título do Campeonato Paulista de Futebol.
.....................................................................................
..........................................................................................
 
...............................................................................................
........Resumo da Campanha........
...............................................................................................
12 Jogos
...............................................................................................
9 Vitórias
...............................................................................................
3 Empates
...............................................................................................
1 Derrota
...............................................................................................
32 Gols Pró
...............................................................................................
12 Contra
...............................................................................................
Saldo de 20 gols
...............................................................................................
 ....................................................................................................
 ....................................................................................................
..........
 
 
ClassificaçãoPágina Principal / Histórico do Santos F.C. / Curiosidades
Dados / Centro de Treinamento / Vila Belmiro / Hino Oficial / Leão do Mar
Títulos / Campeonato Brasileiro 98 / História Craques Inesquecíveis